BlogDestinosNacionais

Rotas de Chocolate pelo Brasail

A fruta já foi a moeda principal de nosso país.

Antes do capitalismo invadir as federações, a troca de mercadorias ou suas matérias-primas era a principal fonte de renda de cada território. E, no Brasil, o cacau dominou o comércio por alguns séculos. Com o chocolate resultante da fruta difundido por todo o mundo em meados de 1600, os empórios que vendiam produtos com esse sabor foram se proliferando. Até que as grandes fábricas invadiram o país. Incentivando também a produção nacional, que começou artesanal, e se tornou um produto cobiçado por todos, principalmente por turistas.

Foto: Chocolate | Crédito: Google

Atualmente, são diversas regiões com produção e fábricas de chocolate. Algumas em larga escala, outras, artesanais. Se você adora a iguaria, saiba quais são as rotas espalhadas pelo país para que sua viagem fique mais doce.

Ilhéus (Bahia)

Várias fazendas do local produzem cacau orgânico e tem um cultivo sustentável. Para saber como o cacau se transforma em chocolate, é possível visitar a Fazenda Yrerê, que possui mais de um século de idade e funciona das 9h às 16h. Ali, o visitante pode fazer uma visita guiada a uma plantação de cacau, uma barcaça (onde o cacau fermenta), terminando com uma degustação de chocolates rústicos, entre outros produtos. É preciso marcar com antecedência a visita por telefone ou e-mail.

Ainda em Ilhéus, entre junho e julho, acontece o Festival Internacional do Chocolate da Bahia, evento que tem shows musicais, minicursos de culinária, feira de produtos, entre outras atrações. Imperdível para os amantes do chocolate.

Vila Velha (Espírito Santo)

Separada da capital Vitória apenas por uma ponte, na cidade está a fábrica de chocolates Garoto, uma das dez maiores do mundo. Ela tem o “Chocotour”, que são visitas monitoradas para mostrar história da empresa, como são feitos os chocolates e ainda permite a degustação. Dura 1h30 e pode ser feita de segunda a sexta das 9h às 16h30. Às vezes, há tours aos sábados, é preciso consultar e reservar com antecedência porque está sempre cheio. Para finalizar, tem uma loja na saída para comprar guloseimas.

Penedo/Itatiaia (Rio de Janeiro)

A Tonttulakki Suklaat (gorro do gnomo, em finlandês) é uma pequena fábrica artesanal de chocolates de Penedo, região famosa que fica dentro do município de Itatiaia (RJ), existente há mais de dez anos e que funciona dentro do Shopping Pequena Finlândia, principal polo turístico da cidade. A entrada do shopping procura reproduzir a atmosfera finlandesa rural, com muito colorido e madeira. As receitas da fábrica misturam o chocolate belga com as tradições finlandesas e as peculiaridades da culinária brasileira, criando doces inusitados, como a trufa de cachaça, o bombom de cardamomo, e inúmeras receitas próprias, gerando mais de 50 tipos de bombons e 20 tipos de trufas.

Campos do Jordão (São Paulo)

Famosa por suas inúmeras lojas de chocolates oferece uma infinidade de combinações. Desde o chocolate quente, passando por drágeas, acompanhados com frutas, fondues e os tabletes. Os chocolates aqui são fabricados de forma artesanal, que prioriza a qualidade e o melhor sabor que o chocolate pode ter, permitindo uma sensação única e realmente muito especial. Um verdadeiro paraíso para os chocólatras.

Itu (São Paulo)

No interior do Estado de São Paulo, a aproximadamente cem quilômetros da capital, a cidade de Itu abriga a Fazenda do Chocolate. Seu estilo rústico preserva as características da cultura caipira, incluindo sua equipe de atendimento, que mantém essa identidade. Por meio de antigas receitas trazidas da Europa pela família dos atuais proprietários, o chocolate acabou mudando até o nome histórico da Fazenda da Serra. O visitante pode observar como a delícia é cuidadosamente produzida, com ingredientes selecionados, e gerando muitas variedades. Ainda possui uma cafeteria que torra e mói seu próprio café, uma adega que funciona em uma antiga senzala, que produz, além dos vinhos, licores, cachaça, cerveja, manteiga e requeijão artesanal. Um passeio para todos os sentidos.

Ribeirão Pires (São Paulo)

O tradicional Festival do Chocolate é considerado um dos maiores eventos culturais e gastronômicos do Estado de São Paulo. E acontece entre julho e agosto, atraindo mais de 200 mil pessoas. Com atrações culturais como peças teatrais, danças, recitais e shows. Onde já passaram Arnaldo Antunes, Seu Jorge, Paula Lima, Maria Rita, entre outros. Possui, claro, as atrações gastronômicas, com os Chalés Gastronômicos, que colocam chocolate em receitas de fondue, milk-shake, estrogonofe, e outras variações criativas. Ainda acontece a eleição da Princesa do Chocolate, que comanda o Reino dos Doces, um espaço lúdico com duendes, mágicos e palhaços.

Gramado (Rio Grande do Sul)

Uma das referências nacionais quando o assunto é chocolate e Gramado e a região ao redor. É possível visitar o único museu brasileiro sobre o chocolate, o Reino do Chocolate, criado pela fábrica Caracol Chocolates. Além, claro, de poder comprar o doce em diferentes formas. Vale a pena a visita! Lugano, Prawer e Planalto são outras boas marcas com lojas pela cidade.

Talvez você possa gostar

Comments are closed.

More in Blog