BlogDestinosDicasInternacionais

Prepare a carteira! Turistas pagarão taxa de até R$ 55 por dia para visitar Veneza

Visitar a bela Veneza ficará mais caro a partir do ano que vem. Em janeiro começará a ser cobrada uma taxa de todos os turistas que desembarcarem na histórica cidade italiana. Sendo assim a primeira cidade no mundo a cobrar taxa de visitação.
 
 
A partir de janeiro, antes de viajar para lá, todos os turistas terão que se registrar on-line e pagar uma taxa que variará de 3 a 10 euros. O valor é diferenciado para quem faz o cadastro com antecedência e dependendo da lotação da cidade. A taxa será dividida assim:
  • cinza (normal), 6 euros
  • verde (poucos turistas) 3 euros
  • vermelho (muitos turistas) 8 euros
  • preto (lotado) 10 euros

O valor máximo a ser pago para vários dias de visitação (no máximo 7 dias) será de 30 euros, o equivalente a três dias de visitação. Já os passageiros de cruzeiros marítimos devem pagar a taxa fixa de 7 euros.

O objetivo do governo local é arrecadar fundos para investimento na cidade e controlar o alto fluxo de turistas. De acordo com a conselheira de turismo de Veneza, Simone Venturini, a nova medida de “grande revolução” e uma solução para o problema do excesso de turismo com o qual a cidade luta há décadas. Em fins de semana e alta temporada, Veneza é abarrotada de turistas. Em 2019, o último ano completo de turismo antes da pandemia, cerca de 19 milhões de pessoas visitaram Veneza.

A previsão é que a nova cobrança entre em vigor em 16 de janeiro. A taxa será paga somente pelos turistas maiores de 6 anos que visitam a região, mas não se hospedam na cidade – atualmente os hóspedes já pagam a taxa diária da cidade que varia de 0,60 a 5 euros. De acordo com o governo local, apenas um quinto dos visitantes de Veneza dormem na cidade. A grande maioria passa somente o dia e vão embora.

A taxa de entrada será aplicada ao centro histórico de Veneza e às seguintes ilhas: Lido di Venezia, Pellestrina, Murano, Burano, Torcello, Sant’Erasmo, Mazzorbo, Mazzorbetto, Vignole, S. Andrea, La Certosa, S. Servolo, S. Clemente e Poveglia.

Vale destacar que os turistas que tentarem visitar a cidade sem o pagamento da taxa e forem pegos serão multados em até 300 euros.

Lembrando que no ano que vem um “visto” eletrônico também será necessário para viajar aos países da União Europeia. O valor será de 7 euros.

 

Por Rafael Castilho 

Talvez você possa gostar

Leave a reply

More in Blog