BlogDestinosDicasNacionais

Onde fica o Jalapão e como chegar a esse paraíso

Um dos melhores destinos do Brasil para amantes de ecoturismo, é o Jalapão que está localizado no extremo leste do estado do Tocantins. Distante 300 km da capital Palmas – mais especificamente na divisa com a Bahia, Maranhão e Piauí – o Jalapão não é uma cidade, mas sim uma região com mais de 34 mil km². O Jalapão engloba o Parque Estadual do Jalapão e área dos municípios de Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins, Mateiros e São Félix, entre outros. Esses municípios concentram os principais pontos turísticos do Jalapão e recebem durante todo o ano viajantes em busca do intenso contato com a natureza no cerrado brasileiro.

Como chegar ao Jalapão?

Agora que você já sabe onde fica o Jalapão, vamos ao passo a passo para chegar até lá! Na região do Jalapão não há aeroportos. O aeroporto mais próximo do Jalapão é o Aeroporto de Palmas – PMW, que serve como principal porta de entrada para os turistas que chegam de outros estados para explorar as belezas do Tocantins.

Jalapão onde fica

A capital Palmas recebe voos diretos apenas de São Paulo, Brasília e Goiânia. A partir de outras cidades brasileiras, será necessária ao menos uma conexão até Palmas. Saindo de Palmas rumo ao Jalapão, a viagem segue por via terrestre, sendo que diferentes rotas são possíveis. O mais comum entre os turistas é um roteiro circular, que passa por Ponte Alta do Tocantins, Mateiros, São Félix do Tocantins e Novo Acordo. O trajeto pode ser feito em ambos os sentidos, sendo que há trechos com e sem asfalto. Confira os detalhes de cada um dos principais trechos em uma viagem rumo ao Jalapão.

Como ir de Palmas até o Jalapão?

De Palmas a Ponta Alta – 150 km de estrada asfaltada, seguindo pela TO-030 até Santa Tereza do Tocantins, e depois a TO-130 até Ponte Alta, principal porta de entrada do Jalapão. Este trecho leva, em média, 2h de duração.

De Ponte Alta até Mateiros – 160 km de estrada de terra, seguindo pela TO-255. Este trecho leva, em média, 4h de duração. Este trecho de estrada leva à Serra do Espírito Santo, à Prainha do Rio Novo, à Cachoeira da Velha, às Dunas do Parque Estadual do Jalapão e, com desvio, à Pedra Furada e à Lagoa do Japonês.

De Mateiros a São Félix do Tocantins – 78 km de estrada de terra, seguindo pela TO-110. Este trecho leva, em média, 2h30 para ser percorrido. Este trajeto dá acesso a grande parte dos fervedouros do Jalapão e também à Cachoeira do Formiga.

De São Félix do Tocantins a Lagoa do Tocantins – 130 km de estrada de terra/ asfalto, sendo 70 km seguindo pela TO-030 e mais 60 km pela TO -247 até Lagoa do Tocantins. A TO-247 está recebendo asfalto, porém o projeto ainda não foi concluído. Este trecho leva à Cachoeira das Araras e ao Morro da Catedral. O tempo para ser percorrido é, em média, 3h30.

De Lagoa do Tocantins a Palmas – 105 km de estrada asfaltada, seguindo pela TO-020 e BR-010 ou pela TO-030. Este trajeto é feito, em média, em 1h50.

Jalapão onde fica e como chegar

As atrações mais visitadas do Jalapão estão próximas a Mateiros e São Félix do Tocantins, por isso essas são as bases escolhidas por grande parte dos turistas para chegar ao Jalapão. Podemos garantir, no entanto, que há boas atrações em vários destinos da região. Fique atento na hora de montar um roteiro ou contratar uma agência. Há opções de pousadas no Jalapão em todas as bases, não se prenda a uma base apenas.

O Jalapão ainda é um destino com acesso difícil. Isso porque a maioria das estradas da região é de terra ou areia fofa. O terreno traiçoeiro faz com que carros atolem com frequência, especialmente na época da seca, quando o solo arenoso se torna ainda mais fofo, dificultando a locomoção de veículos sem tração nas quatro rodas. Para viajar ao Jalapão, é altamente recomendável um veículo 4×4 e um motorista experiente em estradas de areia. Evite ficar atolado e acabar perdendo a viagem.

Jalapão como chegar

Caso deseje alugar um automóvel em Palmas, reserve com antecedência. Dê preferência aos veículos tipo SUV 4×4 (utilitários esportivos), que oferecem mais conforto nas estradas. Os carros esportivos sem tração nas quatro rodas costumam atolar. Para quem não encara a aventura offroad do Jalapão, a melhor pedida é contratar uma agência. As agências de turismo que operam no Jalapão são preparadas com veículos 4×4 e motoristas muito experientes. Pode não ser a maneira mais econômica de realizar a viagem, mas é certamente a mais segura.

 

Por Monique Renne 

Talvez você possa gostar

Leave a reply

More in Blog