BlogDestinosDicasInternacionais

6 países da Europa que ainda mantêm exigências sanitárias para a entrada de turistas

A cada dia um novo país reduz as restrições sanitárias para a entrada de estrangeiros, facilitando a vida dos turistas. A Europa, que conta com 50 países, não foge à regra. Por lá, o último foi Portugal, que retirou todas as exigências para a chegada dos turistas.
 
 

 

Entretanto, seis países do Velho Continente continuam com regras sanitárias vigentes, entre eles Espanha, Holanda e França, destinos muito procurados pelos brasileiros. Conheça abaixo os documentos atualmente obrigatórios para viajar a estes países europeus.

Espanha

A Espanha é um dos países que mantém as restrições para entrada de estrangeiros que chegam de fora da União Europeia. Os turistas devem estar totalmente vacinados, sendo que última dose deve ter sido aplicada entre 14 a 270 dias antes da chegada ao país.

Quem não se vacinou pode apresentar teste antígeno feito até 24 horas antes do embarque, ou PCR com até 72 horas de antecedência. Vale destacar que todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas.

O viajante brasileiro também deve preencher o formulário Spain Travel Health. Os menores de 12 anos e quem está trânsito internacional não necessitam seguir o protocolo listado acima.

França

Os estrangeiros que viajam à França devem checar em qual categoria, verde ou laranja, o seu país de origem se encontra. O Brasil está na lista verde, juntamente com diversas outras nações, incluindo todas da União Europeia. Os países nesta categoria não tem o vírus com alta circulação e os casos estão controlados.

Para viajar à França o turista vindo do Brasil deve apresentar o certificado de vacinação antes do embarque. Caso não tenha sido vacinado, será obrigatório a realização de um teste antígeno ou PCR. Além disto, todos os viajantes devem preencher o documento sanitário, acesse aqui.

Holanda

A Holanda está aberta aos turistas brasileiros e estrangeiros, mas o certificado de recuperação de Covid ou de vacinação são obrigatórios para viajar ao país. O processo vacinal deve ter sido completado no máximo nos últimos 270 dias. Um formulário de vacinação deve ser preenchido antes do voo.

Para os passageiros que fazem conexão na Holanda, as medidas acima também são obrigatórias. Se o destino final da viagem é fora do Espaço Schengen, não será permitida a saída do aeroporto.

Malta

Para curtir as praias de Malta o turista estrangeiro de fora da UE deverá seguir as seguintes regras:

  • certificado de vacinação, ou;
  • certificado de recuperação de Covid-19, ou;
  • teste antígeno 24 horas antes do embarque ou PCR 72 horas antes;
  • preencher o formulário do viajante.

Os menores de 12 anos estão excluídos destas exigências. Encontre aqui mais detalhes para viajar à Malta.

Rússia

Para quem embarca para a Rússia um teste PCR de Covid-19 é obrigatório. Ele deve ser realizado até 48 horas antes da chegada ao país. Um formulário também  deve ser preenchido. Vale lembrar que com as embargos e bloqueios implementados por muitos países, devido à invasão da Ucrânia, chegar à Rússia hoje não é tarefa tão fácil. Muitas companhias aéreas deixaram de voar para lá.

Ucrânia

Com a guerra rolando por lá, a Ucrânia dificilmente estará na sua lista atual de destino a ser conhecido. Entretanto, o país ainda mantém algumas regras sanitárias para a entrada de estrangeiros. Para viajar para a Ucrânia o turista deve apresentar um certificado de vacinação ou de recuperação ou teste antígeno ou PCR. A única possibilidade de entrar na Ucrânia hoje é por via terrestre, pois os voos comerciais estão suspensos.

Vale destacar que apesar da liberação de entrada de estrangeiros na maioria dos países europeus, algumas regras sanitárias ainda são aplicadas dentro de algumas nações. Por exemplo, emPortugal e na Itália o uso da máscara ainda é obrigatória no transporte público, inclusive nos aviões.


E você, planeja viajar para a Europa nos próximos meses? Comente e participe!

 

 

Por Rafael Castilho

Talvez você possa gostar

Leave a reply

More in Blog