BlogDestinosDicasInternacionais

Turistas vão se encantar com novo projeto da Notre Dame em Paris. Confira os detalhes

Um dos pontos turísticos mais famosos de Paris, na França, vai ganhar uma nova cara. A área ao redor da Catedral de Notre Dame vai ser toda reformulada e deve ficar pronta em 2027.
 
 

 

Em abril de 2019 um incêndio destruiu boa parte de Notre Dame, danificando sua histórica estrutura. Desde então, especialistas trabalham para devolver a catedral pronta para a cidade. Pelo cronograma, ela deve ser reaberta aos parisienses e aos turistas em 2024.

O novo projeto de Notre Dame, em Paris

O projeto de reformulação do entorno de Notre Dame está orçado em 52 milhões de euros e prevê um visual mais verde e muito mais acolhedor.

Projeto do Bureau Bas Smets. Fotos Divulgação

A ideia do projeto é reestabelecer uma melhor relação entre a Catedral e o Rio Sena, colocando a famosa Ile de la Cité (a “ilha” onde fica Notre Dame) como epicentro de Paris.

Dentre as novidades está um parque de 400 m² de comprimento que vai da fachada sul da Catedral ao Sena, um novo espaço onde as pessoas vão poder aproveitar para fazer piqueniques, por exemplo.

O plano do projeto conta também com um gramado de 17 mil m² atrás da Catedral, mudando completamente o visual do ambiente.

Os mais de 30% de vegetação que serão acrescidos na área ajudarão a combater as condições climáticas. Segundo o site ABC, está prevista a plantação de 131 árvores no local.

Paris vista do alto de Notre Dame antes do incêndio – o entorno da Catedral vai passar por reformas 

Nova plataforma e museu em Notre Dame

O estacionamento subterrâneo que fica sob a praça de Notre Dame não faz parte do novo projeto e dará lugar a uma plataforma que servirá como um centro de boas-vindas aos visitantes da Catedral, além de abrigar um museu arqueológico.

As obras estão programadas para começar no segundo semestre de 2024, após as Olimpíadas de Paris.


Quem está ansioso para ver a Notre Dame aberta novamente? Se você já a visitou, deixe seu comentário

 

Por Daniel Akstein Batista 

Talvez você possa gostar

Leave a reply

More in Blog