BlogDestinosDicasDois ViajandoInternacionais

Conexão em Bogotá: O Que Ver e Fazer em 6 Horas

Quando voltamos de San Andrés, tivemos uma conexão em Bogotá de mais ou menos 6 horas, com isso, começamos a pesquisar e ver possibilidades de conhecermos alguma coisa da cidade, mesmo que rapidamente. 

Vimos muitos relatos de que a cidade tinha um trânsito bem intenso e que poderia ser arriscado sair por aí sozinho, sem conhecer nada, e depois não conseguir voltar a tempo para o vôo. Por isso, resolvemos fazer um tour com um guia local, especializado em mostrar a cidade para pessoas que estão em conexão!

O Miguel do Viajando a Bogotá monta o roteiro de acordo com o tempo que você tem disponível. Foi a melhor coisa que fizemos e valeu muito a pena! Ficamos tranquilos em relação a horários e não precisamos nos preocupar em como chegar nos locais, ele nos leva diretamente em tudo e sempre de olho no horário para dar tempo de conhecer o máximo de pontos turísticos sem risco de perder o vôo.

O roteiro que fizemos foi o “Bogotá Histórica”, pelo bairro La Candelaria: Cerro de Monserrate (não deu para subir pois estava muito nublado e não daria para ver nada), Plazoleta Chorro de Quevedo, Museu Botero, Casa de Moneda, Igreja da Candelaria, La Puerta Falsa, Plaza de Bolívar.

La Candelaria

La Candelaria é o primeiro bairro de Bogotá, é o bairro central e conhecido como o bairro histórico de Bogotá, onde Bogotá foi fundada e onde concentram-se as principais atrações da cidade. 

Plazoleta Chorro de Quevedo

É nessa pracinha que acredita-se que tudo começou e deu origem à cidade, Bogotá foi fundada oficialmente depois, em agosto de 1538. Nela foi construída a primeira igreja de Bogotá! Hoje, a pracinha é cenário para artistas de rua e muitos estudantes se reúnem por lá.

Museu Botero

Nós adoramos esse museu! Primeiramente, por ser GRATUITO! Isso mesmo! A entrada no Museu Botero é franca! Segundo, pelas obras em si. Confesso que não conhecia o trabalho de Fernando Botero e simplesmente fiquei encantada. Em seus trabalhos, eles basicamente deixa tudo “gordinho”, rsrs. Inclusive obras famosas, ele replicou em versão “fat”.
São 123 obras de Botero, entre pinturas, esculturas e desenhos, além de 85 obras de artistas internacionais, como Picasso e Miró.

Casa de Moneda

No mesmo “complexo” onde fica o Museu Botero, também fica o museu da Casa da Moeda. Lá dá para conhecer muita coisa da história da Colômbia através de suas moedas.

Igreja da Candelaria

Também chamada de Igreja de Nossa Senhora da Candelaria (Iglesia de Nuestra Señora de La Candelaria), é uma das principais igrejas de Bogotá, também no centro histórico, bairro La Candelaria.

La Puerta Falsa

La Puerta Falsa é o restaurante mais antigo de Bogotá e virou ponto turístico devido à sua localização no meio de tantos pontos importantes e principalmente por ser um dos melhores restaurantes para provar comidas típicas e doces da cidade.

Plaza de Bolívar

Chegamos ao centro de tudo! A praça principal da cidade e mais conhecida em todo o mundo. Cartão postal de Bogotá. Lá estão o Capitólio Nacional (sede do Congresso da Colômbia), o Palácio da Justiça (casa do Supremo Tribunal), o Banco Central (Banco de la Republica), o Palácio Liévano (Prefeitura de Bogotá), a Catedral de Bogotá e o Palácio Presidencial (sede da Presidência da República), além de quase todos os prédios públicos da cidade e do país.

Quanto custa?

O tour de conexão de 6 horas para 4 pessoas custou 170.000 pesos colombianos. Esse valor é pelo grupo todo! Achamos que valeu muito a pena pela tranquilidade e praticidade de poder passear sem se preocupar com “como chegar” e perder horários. Fale com o Miguel do @viajandoabogota e reserve o seu tour também

Fonte: doisviajando.com/conexao-em-bogota-o-que-ver-e-fazer-em-6-horas/

Talvez você possa gostar

Leave a reply

More in Blog