BlogDestinosDicasNacionais

Skyglass Canela: quanto custa e como é o passeio na plataforma de vidro

É do alto da Skyglass Canela que se tem uma das mais belas vistas panorâmicas sobre os exuberantes cenários verdes da Serra Gaúcha! A plataforma de vidro fica a 360 metros de altura e foi inaugurada no início de 2021 e já virou um dos programas mais procurados por quem visita a região de Gramado.

Neste post, detalhamos como foi o nosso passeio – com direito a friozinho na barriga ao andar no monotrilho (com os pés suspensos) instalado abaixo da plataforma. Confira também valores e como adquirir os ingressos da atração!

Skyglass Canela

A plataforma de vidro Skyglass Gramado está localizada em um dos pontos mais bonitos da Serra Gaúcha, com ampla vista para o Vale da Ferradura. A atração tem 35 metros de comprimento e fica a 360 metros de altura do vale. Ou seja: exige um pouquinho de coragem daqueles que não se sentem tão confortáveis nas alturas, ainda mais quando se é preciso caminhar por um chão transparente, vendo tudo o que há (de lindo – e distante) lá embaixo.

Vistamos a atração em uma ensolarada manhã do fim de outubro. Já havíamos adquirido os ingressos pela internet e não encontramos qualquer fila para ingressar na atração – a fila para comprar os bilhetes na hora também era pequena. Mas fique atento: fomos pouco antes de iniciar o Natal Luz, ou seja, período que ainda é considerado baixa temporada. Nos meses de novembro, dezembro, janeiro e no inverno, o movimento por lá é bem maior!

Logo ao entrar no parque em que está a plataforma, já se tem ideia do quão bonito é o lugar: o espaço é cheio de gramado e todo florido, com espaços com bancos para apreciar a natureza, parquinho infantil, praça de alimentação com mezanino com vista para o Vale da Ferradura, além do inusitado Museu do Ferro de Passar – cujo acervo conta com mais de 300 peças que mostram a evolução do utensílio ao longo do tempo.

Plataforma de vidro Skyglass

A plataforma de vidro avança 35 metros sobre o Vale da Ferradura. Desde o início do percurso, cujo chão tem uma estrutura de ferro, já se pode ver um pouquinho do está lá embaixo. Mas é ao chegar à ponta da atração que se tem uma vista panorâmica para o Rio Caí e o verde intocado ao redor, que podem ser admirados tanto olhando para frente quanto para baixo!

A atração tem capacidade para 130 pessoas e nos pareceu bastante segura. Em nenhum momento sentimos nem sequer um balanço. Aliás, ninguém por lá parecia desconfortável com a altura. Tanto que muitos estavam deitados sobre o chão, fazendo poses divertidas e tentando encontrar os melhores ângulos para os registros e selfies com o visual da plataforma.

Pelo o que percebemos, não há limite de tempo para ficar sobre a estrutura (mas, lembrando, estávamos em baixa temporada). Então pudemos curtir muito bem a vista lá de cima, com calma e atenção para os detalhes. E, olha, dá para dizer: é sem dúvida um dos passeios mais bonitos para quem gosta de admirar a natureza. O Vale da Ferradura é assim chamado por causa de uma curva bastante acentuada do Rio Caí, um dos cenários mais emblemáticos do Rio Grande do Sul.

Abusado: vale a pena o monotrilho do Skyglass?

Os mais aventureiros podem continuar o passeio com o Abusado, um monotrilho instalado logo abaixo da plataforma, que faz exatamente o mesmo percurso de quem está lá em cima, só agora sentado em uma caideirinha com os pés suspensos!

Não é que eu não tenha medo de altura, mas nem sequer me passou pela cabeça que eu poderia ter qualquer tipo de receio ao passear neste monotrilho. Bastou a cadeirinha começar a deslizar sobre o vale para me bater aquele misto de gente-do-céu-que-que-eu-tô-fazendo-aqui?, agradecer por estar de tênis e não chinelos (depois descobri que, se estivesse, teria de deixá-los no guarda-volumes da atração) e então, por fim, tentar ignorar o medinho e apenas relaxar e curtir o visual absurdamente lindo.

Para quem aí está se perguntando se vale a pena… eu digo que sim, com certeza. E se você não é daqueles que sofre terrivelmente com medo de altura, certamente não sofrerá mais do que leve e rápido nervosismo inicial. Até porque nem dá tanto tempo para se desesperar: o trajeto no Abusado dura cerca de 2 minutos e meio. Quando acaba você até se pergunta: “mas já?”.

No Abusado não é possível levar celular por motivos óbvios: se ele caísse seria um abraço até nunca mais. Então, vá e aproveite o cenário! Guarde a imagem do Vale da Ferradura lá de cima na sua memória, como se você fosse um drone sobrevoando a região…

Quanto custa o ingresso do Skyglass Canela?

As entradas para a Skyglass Canela são mais baratas se comprados antecidapamente pelo site da atração. O ingresso mais básico do Skyglass Gramado dá acesso à plataforma de vidro e ao Memorial do Ferro de Passar e custa R$ 100. O tempo para permanecer no parque e sobre a passarela é ilimitado.

Quem além da passarela de vidro e do Memorial do Ferro de Passar também quiser se aventurar sobre os trilhos do Abusado paga R$ 160. O ingresso dá direito a uma única volta no Abusado.

Confira a seguir o valor dos ingressos para estudante, crianças e idosos:

Plataforma Skyglass Canela

Ingresso antecipado: R$ 100
Meia entrada (estudante): R$ 55
Crianças de 6 a 12 anos: R$ 55
Sênior (60 anos ou mais): R$ 55

Plataforma Skyglass Canela + Abusado

Ingresso antecipado: R$ 160
Meia entrada (estudante): R$ 85
Crianças de 6 a 12 anos: R$ 85
Sênior (60 anos ou mais): R$ 85

Como chegar ao Skyglass Canela?

O Skyglass Canela está localizado na Estrada Municipal CNL 350, nº 9800, na zona rural de Canela. Desde o centro de Gramado, são cerca de 20 quilômetros e o trajeto é feito em aproximadamente 29 minutos.

A atração conta com estacionamento privativo ao valor de R$ 20 por até três horas.


E aí, curtiu a atração que tem uma das vistas mais bonitas da Serra Gaúcha? Já esteve no Skyglass Canela? O que achou da experiência? Participe nos comentários!

 

 

Por Bruna Scirea 

Talvez você possa gostar

Leave a reply

More in Blog