BlogDestinosInternacionais

Curiosidades sobre a Tailândia

Assim como em qualquer outro lugar do mundo, na Tailândia existem determinados padrões de comportamento aos quais os turistas devem ficar atentos para evitar constrangimentos ou, em certos casos, até problemas com a legislação local. Aqui vão os mais comuns (e inusitados!):

Crédito: Google

• Governada por uma monarquia constitucional, a realeza é bastante venerada na região. Ou seja: atitudes desrespeitosas não são bem toleradas;

• Por representar uma entidade divina, só é permitido sair do país levando alguma imagem que faça referência ao Buda mediante autorização oficial;

• Como os tailandeses consideram a cabeça a parte mais importante do corpo humano, nada de fazer cafuné ou tocar na cabeça de alguém;

• Tidos como impuros, os pés nunca devem ser apontados em direção a um nativo, a um monge e/ou a uma representação de Buda;

• Antes de entrar em um templo ou qualquer outro refúgio sagrado, é preciso retirar os sapatos e se ater às vestimentas: camisetas e blusas devem cobrir os ombros, enquanto vestidos, saias e bermudas (estas últimas indicadas somente para homens) precisam ser abaixo dos joelhos;

• Uma moedinha caiu e saiu rolando pelo chão? Nem pense em pará-la com os pés! Isso porque, como o dinheiro tailandês carrega a imagem do rei, tal atitude pode ser interpretada como um insulto gravíssimo;

• É proibido tocar nos monges e se sentar nos lugares reservados a eles no transporte público;

• A viagem é com o mozão? Ótimo, mas convém evitar demonstrações públicas de afeto, ok?

• Quer cumprimentar um monge, desculpar-se por algo ou agradecer uma gentileza recebida? Então recorra ao “Wai”, gesto tradicionalíssimo no país que consiste na união das duas mãos na altura do peito – ou mais acima, em caso de figuras públicas ou religiosas –, seguido por uma leve curvatura do tronco.

You may also like

More in Blog